Eu sou uma boa pessoa, isso não é o suficiente?

Não é o suficiente ser uma boa pessoa.

Primeiro porque não somos tão bons como pensamos.
Nós todos parecemos bons a uma certa distância. Talvez não cometamos certos pecados como, matar, roubar ou adulterar. Olhando de longe talvez dê até para acharmos que somos boas pessoas, mas se olharmos nossa vida de perto, com sinceridade, veremos que não somos tão bons quanto pensamos. A pessoas que convivem conosco poderiam fazer uma lista sobre os nossos defeitos,rs. De como somos egoístas, ciumentos, raivosos e por ai vai!! E se adicionarmos isso as coisas que as pessoas não podem ver, aquilo que pensamos, sentimos e que fazemos em secreto, chegaremos a conclusão de que não somos tão bons como pensamos. Paul Washer em uma de suas pregações, falando sobre o quanto o homem é mal, ele propõe: Se eu tivesse um cabo que se conectasse a sua mente agora mesmo, você deixaria passar todos os pensamentos que você teve sobre as pessoas que convivem com você?? Será que seu melhor amigo continuaria sendo seu melhor amigo após ver alguns pensamentos que já teve sobre ele?? É claro que não deixaríamos!!!! E por que?? Não somos tão bons como pensamos!!!

Segundo, Deus é muito mais Santo do que pensamos. Deus é perfeito e odeia o pecado. Na Bíblia, vemos que quando alguém se aproxima da presença de Deus, ele fica aterrorizado. É doloroso ficar perto de sua santidade. Nunca seremos santos o suficiente para estarmos na presença deste Deus, só por causa de nossas boas ações. Mesmo se pudéssemos ser muito bons a partir deste momento, ainda há um milhão de coisas que fizemos no passado que nos desqualificam para estarmos na presença de Deus. E por causa disso precisamos ser perdoados, justificados. É isso o que acontece com aqueles que colocam a sua fé em Cristo. Ele levou nossos pecados em si mesmo, declarou justo o injusto. Deu vestes brancas no lugar do trapo sujo e rasgado que nós vestíamos. Sua perfeita justiça nos foi dada como um presente gratuito. Então, quando Deus olha para esta pessoa justificada por Cristo, ele não vê o quanto ela é boa, mas ele vê que ela está conectada com Jesus, pela fé. E que toda a bondade e justiça de Cristo agora cobrem todas as suas imperfeições.

A nossa oração é que coloquemos toda a nossa força, toda a nossa esperança, toda a nossa confiança somente na obra de Jesus Cristo, concluída na Cruz, por todos nós!

n’Ele, hoje e sempre,

Natália

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso endereço: Rua Dr. Jesuíno Maciel 445 - São Paulo

© Copyright - 2015 - Igreja Cristã da Família Brooklin - Todos os Direitos Reservados